Porque é importante revisar seu modelo de gestão

por Adove Comunicação / 01 fevereiro 2018 / Sem Comentários

O êxito de uma empresa passa não só pela escolha de um modelo de gestão adequado, como também pela revisão constante do modelo adotado e dos processos e práticas internas. A revisão e atualização constantes garantem que a empresa não fique para trás dentro de um mercado que é cada dia mais acelerado e competitivo. Estar em consonância com as atualidades e saber identificar erros estratégicos fazem parte de uma gestão de sucesso. Entenda porque é fundamental revisar o modelo de gestão da sua empresa de forma periódica e como fazer isso.

Gestão Empresarial de Sucesso

A gestão da empresa e o modelo adotado para gerir o negócio são essenciais para cumprir metas e garantir um resultado satisfatório. No mundo empresarial, a gestão é fundamental para a manutenção da presença mercadológica!

Durante o planejamento estratégico, muitos objetivos são definidos. Após isso, é necessário que se estude a melhor maneira de conquistar o resultado esperado. É a Gestão que será responsável por definir e seguir uma rota até o cumprimento daquele objetivo. Sem uma gestão consolidada, a empresa está “solta à deriva”, caminhando de maneira desgovernada. De acordo com Ciro José Cerutti, Diretor da Contabilidade Djazil, “a gestão delibera a metodologia de trabalho, planejamento, execução, acompanhamento e avaliação de resultados”.

contabilidade DjazilAlgumas ações são fundamentais para que se obtenha sucesso no empreendimento: investir em treinamentos dos colaboradores, procurar identificar os pontos que estão trazendo fragilidade para o negócio, saber trabalhar em consonância com a tecnologia e abordar o planejamento no dia-a-dia. Tudo isso é vital para o negócio e está a cargo da gestão. Mesmo nas mãos de um bom gestor, uma empresa pode estar caminhando para longe de seus resultados se não souber identificar falhas no modelo adotado de gestão. Nem sempre “seguir o script” será o suficiente para identificar erros estratégicos.

Revisão do modelo de gestão

Mesmo que o administrador faça o uso de boas práticas de gestão, nunca deve ser descartada a necessidade de revisar as práticas adotadas. É essencial fiscalizar se a forma de trabalho está funcionando de maneira correta. O mercado exige constante renovação, por isso não é recomendado que os gestores se acomodem! De tempos em tempos, mudanças são necessárias para gerar crescimento e novas experiências.

A revisão do modelo de gestão deve ser feita de forma periódica e, se possível, até de forma constante. Mas não é de uma hora para outra que o gestor vai adquirir o costume e a habilidade de revisar sua gestão. É preciso criar um hábito para que o administrador (e seus colaboradores) estejam constantemente avaliando seus trabalhos e buscando erros e melhorias. Alguns sinais são fortes indicadores de que uma mudança no modelo de gestão é necessária.

Sinais de que está na hora de reavaliar

Os sinais mais claros que indicam que o modelo de gestão já não mais funciona mais tão bem e precisa ser revisto são: queda das receitas mesmo diante do aumento dos esforços de marketing e vendas, indiferença do cliente em relação a escolha da sua marca, surgimento de concorrente com melhor proposta de valor, falhas constantes na comunicação interna entre equipes, atrasos para entrega de produtos ou serviços, equipes desmotivadas ou “perdidas” quanto às suas funções, falhas em softwares ou equipamentos gerando prejuízos constantemente, entre outros.

Como fazer a revisão?

Inicialmente, reflexões mais básicas sobre a missão (o propósito da empresa existir) e a visão (onde a empresa quer chegar em um horizonte definido de tempo) podem ser importantes. Esses conceitos ainda estão de acordo com os objetivos da empresa? Será que no último planejamento estratégico foi dado a devida atenção a eles?

Após isso, alguns outros itens são fundamentais para você analisar e começar a revisão de como anda seu modelo de gestão. Diretor da Contabilidade Djazil, Ciro José Cerutti, dá algumas dicas:

– Tecnologia

O emprego de tecnologia no ambiente de trabalho é um ponto que deve ser observado. A modernização é a aliada perfeita para otimizar a gestão e os custos de serviço por empregado. Os programas de recursos humanos têm facilitado a administração para cada necessidade!

– Planejamento e Organização

O desfecho satisfatório de determinado empreendimento sempre depender de um planejamento de atividades. Não há trabalho gratificante e com bom retorno que não tenha uma prévia organização. Nunca se perca do planejamento inicial traçado e faça, de forma anual, o planejamento estratégico do seu negócio.

– Comunicação

Cultivar a comunicação na empresa é fundamental. Manter bom relacionamento com a equipe é importante para obter o feedback da gestão. Ser humilde, aprender com os erros, possibilitar aos funcionários que contribuam com sugestões para a melhoria do ambiente empresarial, todas essas são atitudes que contribuem para o êxito do negócio.

– Bons contatos

Use seus contatos para estabelecer parâmetros de comparação. Faça uma análise periódica dos processos. Consulte com quem atua em cada área para obter insights. Troque experiências. Participe de eventos e procure empreendedores do mesmo ramo que você para que compartilham dificuldades e soluções.

Você sabia que os contadores podem te ajudar nas estratégias de gestão?

contabilidade DjazilCom o passar dos anos, o contador ganhou outras funções dentro das empresas além da original! O contador é um excelente profissional para atuar na consultoria de gestão empresarial.

O profissional contábil é essencial em diversas áreas da empresa, mas muitas pessoas ainda não sabem tudo que ele pode fazer. Para muito além de números, contratar um contador ou um serviço terceirizado de contabilidade pode auxiliar a redefinir áreas de investimento, gastos e até os rumos futuros da empresa. Visto que a tecnologia salvou um pouco do tempo destes profissionais e, aliando a isso seus fortes conhecimentos na área de gestão, os caminhos abriram-se para que o contador se tornasse uma peça estratégica na empresa. Nas pequenas empresas, a presença de um consultor pode livrar o negócio de ciladas, bem como identificar oportunidades de economia e de crescimento. No processo de gestão, o contador pode atuar na escolha do regime tributário, descobrir vantagens em isenções fiscais e auxiliar no controle das finanças. Saiba aqui porque o contador deve ser também seu consultor e conheça 6 mitos a respeito dos contadores.

Novidades em seu e-mail!

Receba em primeira mão a Newsletter da Djazil


Envie sua crítica ou sugestão