Você já fez seu inventário patrimonial?

por Adove Comunicação / 22 janeiro 2019 / Sem Comentários

inventário patrimonial é um processo realizado frequentemente no seu negócio? Se analisado apenas pelo nome, pode parecer trabalhoso, porém, esse controle dos bens ativos imobilizados contribui para o crescimento da empresa.

Isso porque, dois, dos muitos benefícios que podemos destacar, são a credibilidade gerada ao balanço patrimonial e a prevenção contra possíveis prejuízos financeiros.

Entenda o que é o inventário patrimonial, suas características, sua importância e ainda confira dicas para realizá-lo na sua empresa. Continue a leitura!

O que é o inventário patrimonial?

O inventário patrimonial se aplica aos ativos imobilizados da empresa, ou seja, todas as máquinas, equipamentos, prédios, veículos, mobiliários, equipamentos de informática, eletrônicos, etc.

Bens imobilizados são o patrimônio da empresa, sendo assim devem ser preservados e organizados. Nesse sentido, o inventário dos ativos não deve ser encarado como um custo, já que diz respeito a uma questão importante do negócio.

Ele vai verificar a existência física dos bens, se eles estão funcionando, condições de uso, além da coleta de informações para controle por departamento, etc.

Ativo imobilizado: é composto pelo conjunto de bens necessários à manutenção das atividades da empresa e que normalmente se apresentam na forma tangível.

Um levantamento bem realizado significa informações corretas, localizações fidedignas e tomadas de decisões mais assertivas.

Qual a importância do inventário patrimonial?

Muito além do que apenas uma listagem atualizada de bens, a realização do inventário de bens patrimoniais pode ser um aliado na tomada de decisões estratégicas por parte dos gestores, respondendo a algumas questões como: existe a real necessidade de compra de determinado(s) ativo(s)?

Além disso, outro aspecto importante quanto à realização do inventário é o cumprimento das legislações contábeis vigentes, visto que o levantamento patrimonial é a primeira etapa de uma gestão de ativos imobilizados eficiente.

O levantamento incorreto das informações nesse processo pode prejudicar questões como o balanço, projeções de investimentos e depreciação. Sem esquecer que pode impactar no planejamento financeiro.

Através dele é possível ter total controle dos bens, realizar ajustes contábeis, identificar e resolver irregularidades e contar com informações exatas sobre os ativos da empresa.

Vantagens de realizar o inventário patrimonial

Inventário Patrimonial - controle

  • Provável aprovação do balanço patrimonial sem ressalvas da auditoria
  • Gestão do imobilizado auxilia na diminuição de prejuízos financeiros
  • Segurança na contratação de seguros patrimoniais
  • Garantias em financiamentos
  • Suporte para políticas de reinvestimento no imobilizado
  • Conhecimento do real valor dos ativos da empresa
  • Atendimento às normas contábeis vigentes
  • Controle de conservação e produtividade dos bens.

Dicas para fazer o inventário patrimonial no seu negócio

Em primeiro lugar é importante que a pessoa que irá realizar o levantamento seja capacitada para tal função. A realização desta etapa por profissionais inexperientes poderá gerar distorções como, por exemplo, contagem incorreta e descrições incompletas ou insuficientes dos ativos.

Qualquer deslize nesta etapa do processo gera, inevitavelmente, distorções nos números, valores e nas análises posteriores do trabalho.

Outra questão pertinente, mas não obrigatória no processo de levantamento de bens patrimoniais, é a afixação das etiquetas patrimoniais.

Além de transmitir a informação visual de que determinado bem é controlado pela entidade, fornece uma numeração única e reduz prazos em inventários futuros. E ainda, auxilia fortemente na etapa de conciliação físico versus contábil. Este que culmina na diluição dos custos do processo ao longo dos anos.

Algumas etapas que podem ser seguidas para a realização do inventário patrimonial:

  • Planejamento
  • Preparação (organização dos recursos necessários para a realização dele)
  • Execução
  • Conferência (análise de todas as informações coletadas)
  • Finalização (emissão do relatório do inventário).

E então?

Você já sabe a importância e os benefícios de realizar o inventário patrimonial no seu negócio. Como mencionamos, é importante contar com profissionais qualificados para auxiliá-lo nesse processo. Isso porque cada item mal contabilizado no inventário pode prejudicar questões futuras.

Nossa dica é que você o realize e tenha todos os ativos imobilizados do seu negócio devidamente inventariados.

Ficou com alguma dúvida sobre esse processo? Entre em contado conosco e descubra no que podemos te ajudar!

Novidades em seu e-mail!

Receba em primeira mão a Newsletter da Djazil


Envie sua crítica ou sugestão